Últimas notícias
  1. Criança é atacada por touro solto e irmão tenta salvá-la; assista
  2. Vídeo mostra dois ursos polares brigando por comida
  3. Em vídeo cientistas comprovam que tubarões são capazes de formar 'grupos'; veja
  4. Veja quando um trem vai atropelar uma cadeirante preso no cruzamento; assista
  5. Mãe fica cara a cara com tubarão de 2,5 metros e filho pede que fique calma;veja
  6. TSE adia decisão a respeito de tese sobre abuso de poder religioso
  7. Onde não tem atuação do garimpo não tem Covid-19, diz líder Yanomami
  8. Em live, Bolsonaro admite possibilidade de voltar ao PSL e cita outros partidos
  9. Rachadinhas: Ministro do STJ determina que Fabrício Queiroz volte para a prisão
  10. PMs planejaram morte de irmão de Freixo por causa de demissão
  11. Governador do estado do Amazonas testa positivo para Covid-19
  12. Partido decide punir deputados que votaram contra aumento do fundo eleitoral
  13. Flávio Bolsonaro segue com foro privilegiado após decisão da Justiça do Rio
  14. Gato tem mancha em formato de pênis no rosto; veja o vídeo
  15. Policial salva cadeirante de atropelamento por trem; veja o vídeo
  16. Em delação, Messer confirma que ex-presidente do Paraguai financiou sua fuga
  17. Cobra de duas cabeças é descoberta na Índia; assista
  18. Adolescente é esfaqueado três vezes, mergulhado em gasolina e queimado vivo;veja
  19. Polícia encontra estúdio de pornografia infantil no Rio; suspeito está foragido
  20. Lava-Jato de SP afirma ao STF que 'jamais se recusou' a enviar dados à PGR
  21. Justiça britânica decide até outubro se julga caso Samarco/Mariana
  22. Bezerro nasce apenas com as patas traseiras; veja o vídeo
  23. Avó joga neta de 3 meses pela sacada para salvar bebê de incêndio
  24. Presidente ouve gritos de “fora Bolsonaro” em evento no Pará e reage
  25. Temer entrega ajuda ao Líbano e diz que Brasil pode ajudar em harmonia interna
news-details

O Comitê Intersetorial de Controle da Dengue no Paraná realizou nesta quinta-feira (9) a primeira reunião de trabalho com a participação de representantes de 13 secretarias, autarquias e órgãos do Governo do Estado. No encontro foi reafirmada a importância da participação ativa das regionais dos órgãos estaduais e dos municípios para fortalecer a orientação e conscientização da população quanto ao combate do mosquito Aedes aegypti. Também foram apresentados os números que confirmam o agravamento da epidemia no Estado e o balanço das ações já realizadas.

 

“O objetivo é que, principalmente as regionais das diversas áreas do Governo, possam atuar de forma ainda mais contundente”, afirmou o secretário da Saúde, Beto Preto. Instituído pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, em 18 de dezembro de 2019, o Comitê Intersetorial é formado por representantes das secretarias estaduais e coordenado pela Secretaria da Saúde. Ele atua para implementar ações de mobilização para a intensificação do combate à dengue no Estado.

 

“Cidadania é a palavra que define este momento e mais esta ação do Governo do Estado, que busca alcançar e sensibilizar diferentes instâncias para o combate ao mosquito transmissor da doença”, disse Beto Preto. “O Paraná vive uma situação de epidemia e alerta para a dengue. Os números atuais estão acima de todos os anteriores no mesmo período, por isso a participação de toda a comunidade é fundamental”, afirmou.

 

Ele destacou que na área da saúde pública se fala sobre a prevenção da dengue há 25 anos, mas que neste momento crítico, diante de uma epidemia que pode se agravar, é preciso intensificar e amplificar as orientações e informações. “Por isso a importância da participação de todos os parceiros e, principalmente, da população, para que fique atenta e vigilante nos domicílios, eliminando os criadouros. A dengue mata e pode atingir a todos nós e às nossas famílias”, enfatizou o secretário.

 

AGRAVAMENTO - Boletim emitido pela Secretaria da Saúde no final de 2018 e início de 2019 apresentava 132 casos confirmados de dengue. Já o boletim publicado nesta semana, consolidando números do final de dezembro e primeiros dias de janeiro de 2020, totaliza 5.343 casos de dengue no Paraná.

 

Há um ano, eram 33 municípios com casos confirmados. Hoje são 160, sendo que 15 estão em epidemia e 23 em situação de alerta para epidemia; 274 têm notificações para dengue, indicando casos em investigação.

 

CRIADOUROS - Levantamento apresentado pela Coordenação de Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde sobre a situação da dengue confirma que o principal foco de criadouros do mosquito transmissor da doença continua sendo o lixo a céu aberto, que acumula água e se transforma em local propício para a proliferação.

 

Na sequência, estão recipientes domésticos que também acumulam água, como as bandejas de geladeira e de ar-condicionado, seguidos de vasos de plantas e garrafas armazenadas destampadas.

 

BALANÇO DE AÇÕES – Durante a reunião foi apresentado um balanço das ações doDia D de combate à dengue no Paraná, que contou com a participação de todas as secretarias e órgãos ligados ao governo estadual.

 

Em 18 de dezembro, dia da instituição do Comitê Intersetorial, o Governo do Estado mobilizou toda a sua estrutura para ações integradas de combate à dengue, durante esta quarta-feira, 18 de dezembro, dando início a série de atividades que serão realizadas ao longo dos próximos meses.

 

Ao longo dia, foram disparados por SMS quase 1 milhão de mensagens de alerta contra a doença e de ações de prevenção: para 500 mil celulares cadastrados na Defesa Civil; 300 mil cadastrados no portal Paraná Inteligência Artificial (PIÁ) e 96 mil a caminhoneiros que atuam com transporte de cargas no Porto de Paranaguá. Além disso, também foi usado, em um terminal de ônibus, o envio de SMS por aproximação, o que ajudou a ampliar a divulgação.

 

Foram dezenas de ações de mobilização, que se replicaram por todo o Paraná e que devem se repetir, como mutirões de limpeza e distribuição de material informativo, abrangendo por exemplo, trabalhadores e caminhoneiros no Porto de Paranaguá e viajantes e turistas que usaram o sistema Ferry Boat entre Caiobá e Guaratuba.

 

PRESENÇAS – Participaram desta primeira reunião do Comitê Intersetorial de Controle da Dengue no Estado do Paraná representantes da Casa Civil, Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, Casa Militar, Conselho Estadual de Saúde, e das secretarias de Estado da Educação e do Esporte, do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, da Comunicação Social e da Cultura, do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Justiça, Família e Trabalho, Infraestrutura e Logística e Segurança Pública.

 

Fonte: AEN

 

xocovid
Enquete

Se estiver no primeiro mandato, quais as chances do prefeito de sua cidade se reeleger ?


Todas

Nenhuma

Poucas